quarta-feira, 18 de janeiro de 2006

lembrança

foto Kiko Shirobayashi
Lembro-me que te olhava
e estavas nua
e não havia por perto
nem roupas nem sombras
que te levassem de volta
à sala.

Ficamos únicos
como uma lembrança
do mesmo quarto
dentro de nós.


(do livro "Poesia provisória")

4 comentários:

Dioneide Costa disse...

Beleza..
"Ficamos únicos
como uma lembrança
do mesmo quarto
dentro de nós...."

alegria dentro de nós..
Bjs

apá silvino disse...

ai que arrepio!
ai que delícia de saudade que me deu de uma lembraça boa!!!!!!
obrigada por me traze-la!!
beijo!
apá

Anônimo disse...

escrevi tudo errado aí em cima, e eu nem sei mais o que é certo. só sei que sonoro não ficou!
sniff.....!
apá

Literatura sem fronteiras disse...

Nirton, esse erotismo lírico nos remete ao melhor da vida.