segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

quimera

O lençol no varal é sempre um poema ao vento.


3 comentários:

Aparecida Silvino disse...

isso devia virar música!!!! :)

Sandrio cândido. disse...

leitura ideal
abraços

MIRZE disse...

Nyrton!

Escreva neste lenços um desejo que faço para você.

PAZ, AMOR, POESIA. e $$

FELIZ ANO NOVO!

Beijos

Mirze