quinta-feira, 29 de março de 2007

carinho

foto Jack Acrey

Minha mão passeia
sobre a fertilidade de tua pele
e não existe nada mais além desta
eternidade.
Passeia como se voasse
(se pássaro eu fosse
e asas minhas mãos lentas)

mas é vôo
tudo que o amor
neste momento conduz ao sempre.

(do livro "Poesia provisória")

4 comentários:

Luzzsh disse...

...calmo, e leve...assim, como deveria ser. Sempre...

(que bom que atendeu ao meu pedido, rs....)

Beijos, querido...

li disse...

São tantos poemas lindos... queria que me permitisse pubicar um deles no meu flog. Obrigada.

li disse...

São tantos poemas lindos... queria que me permitisse publicar (e não 'pubicar'... rsrs) um deles no meu flog. Obrigada.

Nirton Venancio disse...

luzz... li... é muito bom ter o carinho de voces...

Li,claro que pode publicar meus poemas na sua página! É uma honra!