segunda-feira, 1 de agosto de 2011

navegante

foto Sherper Dan

Eu que sempre navego
ao sul do teu corpo
é no sal de tua pele
que conservo meus segredos
e espalho os meus beijos.

(do livro "Poesia provisória")

2 comentários:

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Suave, tenro, preciso e mágico :)

MIRZE disse...

É no sul, no sal e no sonho de poema que você fez!

Beijos

Mirze