quinta-feira, 29 de setembro de 2011

ocasião

 Douglas Felisman
 
Aproveito
o ensejo
para lhe dar um beijo.

A rima é pobre.
O gesto, nobre.

2 comentários:

MIRZE disse...

O que vale é o poeta e seu desejo!

LINDO!

Beijos

Mirze

Cris disse...

Tudo que você escreve é maravilhoso!