quarta-feira, 7 de setembro de 2011

solar

Fernando Pessoa diz que uma tristeza é como um lago morto dentro de nós, e uma alegria, um dia de sol no nosso espírito. Em versos lá frente o poeta português diz sem fingimentos que "na ausência da amada o sol não brilha."

Esses poetas têm a mania de ficar nos auscultando.

2 comentários:

MIRZE disse...

No tempo dele, Nirton, existiam as amadas.

Agora queria vê-lo aqui.

Beijos

Mirze

Nirton Venancio disse...

No meu tempo, existe a amada.
Agora quero vê-la aqui.