quarta-feira, 23 de novembro de 2005

sobre viver

nanquim sobre papel, Gil Vicente

só escaparemos se conversarmos
se sentarmos à mesma mesa
e trocarmos olhares
como amigos
ou sobreviventes.

(do livro “A distância e a paisagem – Brasília e outras viagens”)

2 comentários:

Dona Estultícia disse...

Tarefa árdua caro Nirton...Bjos.

Claudio Eugenio Luz disse...

Como amigos ou sobreviventes! Somente olho a olho é possivel comprender o que se passa no interior do outro. Como amigos, ainda há esperanças. Como sobreviventes, a tarefa torna-se mais árdua - porque reside ai todos os destroços da insensatez do passado.

..
hábraços, claudio