quarta-feira, 8 de fevereiro de 2006

galope

foto Juan Guillermo Escobar

O corpo do homem
é um cavalo
onde a alma põe a sela
e dispara no mundo.

E jogado no mundo
não há como se escapar:
todo passo é decisivo,
todo caminho dá para o norte,
todo corpo é um gibão sobre a alma,
toda vida é o lado externo da morte.

(do livro "Roteiro dos pássaros - remixado")

3 comentários:

Claudio Eugenio Luz disse...

A metafora é brilhante e original. Imagens fortes e singulares - desconcertante como o galope mesmo de um cavalo: todo passo é decisivo.

.
belissimo
.
hábraços
.
claudio
.
p.s: como anda com a seleção?

Rodrigo Capella disse...

Amigo Nirton, com certeza, o lance da entrevista ainda está de pé. Fico no seu aguardo. Opa! Fazendo um documentário? Que ótima notícia. Eu gostaria de fazer uma matéria para o Cineminha sobre os seus trabalhos. Pra qual e-mail, eu possso te enviar umas perguntas? Abraços e sucesso, Rodrigo Capella.

Juliana disse...

Olá, tudo bem? Gostei muito dos seus poemas.
Gostaria de te convidar para conhecer o meu blog tb: http://julianasalles.blogspot.com