domingo, 14 de dezembro de 2008

recorte

foto Maurício Rolo

Cada gesto posto no espaço
me subtrai (um pouco) a intimidade.

(um verso de "Postura", do livro "Poesia provisória")

8 comentários:

Pavitra disse...


senti um conflito em mim agora:
quero dizer que concordo, e concordo
e ao mesmo tempo acho que ficamos mais íntimos de nós mesmos...

bem, e eu estou ficando íntima de vc nessas leituras (de gestos?)

beijos, nirton

Mariana disse...

verso e foto: demais da conta!


Nirton, vc já tem um livro lançado né?
como eu faço pra adquiri-lo?

Nirton Venancio disse...

Pav, continuarei subtraindo minha intimidade em nome da amizade e da poesia...

Mari, meus livros já não à venda. Foram tiragens pequenas. Outro dia, pesquisando no site Estante Virtual, descobri um deles, "Roteiro dos pássaros",num sebo em Porto Alegre.
Tô me virando pra publicar outro, no primeiro semestre de 2009.

P.S. pois é, essa foto aí sou eu numa brincadeira com amigos fotógrafos neste fim de semana. Não gosto muito de ser fotografado, mas achei que a imagem tinha a ver com o verso...

Dioneide disse...

Gostei da foto e concordo com o poema.

Agora com meu blog " o vento ao arvoredo" me sinto meio despida e por isso mesmo já pensei em deletar..rs, mas tudo tem um preço.

abraços

Nirton Venancio disse...

é isso mesmo, Dioneide.
Há sempre o risco do coração ser desvendado...

Pavitra disse...


subtrair a intimidade em nome da amizade e da poesia -
um subtração que soma! :)

Pavitra disse...


ah, outra coisa que não disse:
a foto está linda, lembra o céu ao entardecer...
vc vê isso tbm ou só eu que viajo assim?

Nirton Venancio disse...

Pav, pela amizade e a poesia vale tudo de bem...
a foto lembra o entardecer e outras viagens do coração.