sexta-feira, 30 de setembro de 2005

longes

foto Bill Peronneau

em algum lugar
o mar existe
para algum porto
ser avistado.
(do livro "A paisagem e a distância")

5 comentários:

Claudio Eugenio Luz disse...

Caro Nirton, a partida é sempre a espera na chegada. Triste é quando chegamos e não há ninguém para matar a saudade.

Nirton Venancio disse...

Caro Eugênio,

só de avistar o porto já nos enche de esperança. Bom ver você por aqui neste porto.

Dioneide Costa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Dona Estultícia disse...

É, em algum lugar...Beijo.

eduardo disse...

Belo post. Muito lírico.
Caso tenha tempo, visite o meu blog.